Racismo na mídia

De Rebeca Borges para o SOS Diversidade

O racismo no Brasil, ainda hoje, é um problema extremamente mascarado. Disfarçada de “só uma brincadeirinha”, a discriminação racial está presente em várias situações que passam despercebidas ou invisíveis, como expressões populares, “piadas”, padrões de estética e de beleza. São muito veiculados nos meios de comunicação, sobretudo na televisão.

A mídia continua a alimentar os estereótipos relacionados aos negros. É difícil ver em novelas, por exemplo, personagens negras que não façam papel de bandidos perigosos, pobres e, muitas vezes, sem estudo. O corpo das mulheres negras é visto como objeto sexual e de desejo, muitas vezes no papel de “mulata” – porque essa é a expressão mais embranquecedora para tratar delas. Para a sociedade, infelizmente, quanto mais brancas, melhor.

Por que não negros como personagens em cargos de chefia, bem-sucedidos financeiramente? Porque, para a mídia, negro não deve ocupar tais lugares. E quando os ocupa, são retratados por artistas negros com a pele mais clara possível. O negro da pele preta continua sendo o bandido, o que revela a forte presença do embranquecimento. No entanto, é válido lembrar que afrodescendentes de pele mais clara não tem culpa dos problemas relacionados ao colorismo.

Além disso, a representação do negro na produção de informação ainda é muito pequena. Pouco se veem jornalistas negros, sobretudo em grandes emissoras. Quando presentes, muitas vezes sofrem alguma discriminação do público, geralmente pela internet, como o caso da jornalista e apresentadora do tempo Maju Coutinho, do Jornal Nacional em 2015.

Não se deve pensar, entretanto, no fim desses problemas como utopia. Movimentos de luta, militância e resistência têm papel importantíssimo na mudança dessa representação nos veículos de comunicação e, mesmo que lentamente, já se pode perceber certa mudança em alguns deles.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s