Aumento da carga trabalhista

Por Gustavo França

Com a crise econômica brasileira, o Governo busca meios de reerguer o país. Uma das tentativas pensadas é o aumento da carga trabalhista. O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI) Robson Braga de Andrade disse em 8 de setembro que, para o governo melhorar a situação do déficit fiscal, serão necessárias “mudanças duras” tanto na Previdência Social quanto nas leis trabalhistas.

image

Presidente da CNI, Robson Braga de Andrade. Foto por portal da indústria.

O aumento seria uma forma de tentar sair mais rapidamente da crise. Porém, o debate não se resume a isso, toda a lei de trabalho precisa ser discutida. Muitas horas poderiam trazer uma carga pesada aos trabalhadores, que poderiam comprometer a qualidade do serviço e de vida, além da saúde deles.

Ele cita a França como exemplo, país que passa pela mesma situação:

“Vimos agora o governo francês, sem enviar ao Congresso Nacional, tomar decisões com relação às questões trabalhistas. No Brasil, temos 44 horas de trabalho semanal. As centrais sindicais tentam passar esse número para 40. A França, que tem 36, passou para a possibilidade de até 80 horas de trabalho semanal e até 12 horas diárias de trabalho [na verdade, são 60 horas semanais]. A razão disso é muito simples. A França perdeu a competitividade de sua indústria com relação aos demais países da Europa. Agora, está revertendo e revendo suas medidas, para criar competitividade. O mundo é assim e temos de estar aberto para fazer essas mudanças. Ficamos ansiosos para que essas mudanças sejam apresentadas no menor tempo possível.”

CNI disse em nota que não defende o aumento da carga trabalhista para 80 horas semanais, apenas acha que o tema precisa ser debatido.

Fonte: G1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s