Quem é que não deu certo?

Por Mariah Aquino

A escola Instituição Evangélica de Novo Hamburgo (IENH), no Rio Grande do Sul, tornou-se alvo de grandes críticas nesta semana após a divulgação de fotos de um trote de alunos do 3º ano do ensino médio, ocorrido em 17 de maio. Nos intervalos, eles confraternizaram vestidos de profissões diferentes daquelas que escolheram. Com o tema “Se nada der certo”, fantasiaram-se de faxineira, churrasqueiro, revendedor de cosméticos, empregada doméstica, atendentes de lojas, dentre outras ocupações julgadas como inferiores.

Continuar lendo

A noticiabilidade do atentados

Por Luisa Bretas

Nas últimas duas semanas ocorreram dois atentados, um em Manchester, Reino Unido, onde o show da cantora pop Ariana Grande havia recém encerrado, e outro na London Bridge, em Londres, ambos assumidos pelo Estado Islâmico (EI). Um atentado terrorista é caracterizado como um ataque a um local público, de bastante movimento com o intuito de causar pânico e insegurança nas pessoas, promovendo certo poder às entidades terroristas.

Continuar lendo

Todos os memes do presidente

Por Ana Carolina Fonseca

Imagine a surpresa de receber um e-mail oficial do Palácio do Planalto. Foi o que aconteceu com os blogueiros do Capinaremos e do Ah Negão em 22 de maio. A mensagem dizia que as imagens oficiais do Presidente Michel Temer (PMDB) não poderiam ser utilizadas sem os devidos créditos. Até aí, tudo bem. Está na Lei 9.610/98, artigo 24: o autor da imagem tem o direito moral de ser creditado.

Continuar lendo

A Cracolândia não é um lugar

Por Lorena Fraga

Em 21 de maio, sob o comando do prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB), e com apoio do governo do estado, mais de 900 agentes das polícias militar e civil realizaram megaoperação no centro de São Paulo para acabar com o tráfico de drogas no local e extinguir a chamada Cracolândia. Em meio a aplausos e vaias, o prefeito — que deseja ser candidato à Presidência da República em 2018 — utilizou o Facebook para dizer a seus eleitores que, após 20 anos, a Cracolândia finalmente havia acabado.

Continuar lendo

Terrorismo e violência ocidental

Por Natália Fechine

No dicionário Aurélio, terrorismo significa “modo de coagir, combater ou ameaçar pelo uso sistemático do terror”. Na segunda-feira (22), o Reino Unido presenciou um novo atentado, o mais sangrento em 12 anos, num show da cantora Ariana Grande. Para as pessoas que estavam na Manchester Arena, talvez isso nunca se defina em apenas uma palavra e as marcas serão levadas para a vida toda.

Continuar lendo

Dois impeachments, um desejo?

Por Natália Fechine

Dois impeachments em menos de dois anos impactam qualquer pessoa dentro ou fora do Brasil. Recebi uma mensagem de uma amiga americana, que estava aqui durante o processo de impeachment da presidenta Dilma Rousselff (PT), e ela perguntava sobre o escândalo no governo Temer. Ela queria saber como aconteceria o processo de retirada de mais um presidente e parecia não acreditar na possibilidade desse tipo de crise política. Os brasileiros também não, até esta semana.

Continuar lendo