Guerra no Cáucaso

Armênia x Azerbaijão, um conflito geopolítico que envolve questões étnico-religiosas, disputa por territórios e um movimento separatista

Por Renan Lisboa

Em setembro de 2020, teve início o conflito fronteiriço entre Armênia e Azerbaijão que começou com acusações de violação do cessar-fogo por ambos os lados e escalou para um confronto de grandes proporções. Vários veículos da mídia nacional e internacional deram visibilidade para o acontecimento, apesar das críticas feitas por armênios e azeris em relação à cobertura “imprecisa” dos conflitos. Separatistas armênios lutam contra o exército do Azerbaijão, que tentava controlar a região, resultando na pior série de confrontos desde a guerra travada entre 1988 e 1994, que deixou cerca de 30 mil mortos. 

A disputa militar envolve a posse do enclave de Nagorno-Karabakh, região internacionalmente reconhecida como parte do Azerbaijão (país de maioria muçulmana), mas habitada majoritariamente por armênios (de maioria cristã). De acordo com a CNN Brasil, o território depende quase que totalmente dos recursos enviados pela Armênia e de doações de armênios em todo o mundo.

Continuar lendo

A excelência é negra

Beyoncé lançou na última semana a obra Black Is King. O trabalho é mais um capítulo no diálogo que a artista vem propondo com a comunidade negra. Aclamado pela crítica, tem sido desmerecido por aqueles que não entenderam sua importância 

Luiz Oliveira e Maria Carolina Brito

“A gente precisa disso agora! Mais que nunca!”. É desta maneira que a cantora norte americana Beyoncé define a importância e urgência do filme Black Is King, lançado na última sexta-feira (31) pela plataforma de streaming Disney +. O longa é dirigido, escrito e produzido pela artista com a proposta de reimaginar as lições de O Rei Leão com os saberes ancestrais da cultura africana – além de ser um registro visual do álbum The Gift, lançado em 2019. 

Em mais de uma hora de exibição é proporcionado aos espectadores uma verdadeira odisséia das pluralidades e belezas negras. Uma carta de amor e ressignificação da maneira de como estes indivíduos são enxergados nos meios audiovisuais. O filme é a mais pura e potente exaltação de diferentes costumes africanos, tendo como foco a imaginação de uma sociedade afrocentrada.    

Continuar lendo

[Editorial]: Jornalismo também faz greve?

Na sexta-feira (28), ocorreu uma greve geral em todo o País. Professores, aeroviários, motoristas e cobradores de ônibus, lojistas e diversas categorias de servidores públicos, dentre outros trabalhadores, amanheceram de braços cruzados. O SOS Imprensa acompanhou a cobertura das imprensas nacional, local e internacional e traz um editorial sobre o dia em que 40 milhões de brasileiros paralisaram suas atividades, segundo dados dos organizadores do movimento.

Continuar lendo